Preenchedores faciais podem causar perda da visão

by

Atualmente existem vários preenchedores injetáveis capazes de amenizar os efeitos do envelhecimento no rosto, como ácido hialurônico, gordura, hidroxiapatita de cálcio e até o polimetilmetacrilato (PMMA) – não recomendado, mas ainda utilizado. Porém, com a famosa “harmonização facial” e o aumento da popularidade desse tipo de procedimento, é importante ter cuidado antes de optar pela aplicação destes produtos, pois, se realizado de forma incorreta, o procedimento pode resultar em sérias complicações, como a perda parcial ou total da visão.

O oftalmologista Hilton Medeiros, da Clínica de Olhos Dr. João Eugenio, em Brasília, teve dois casos de pacientes que perderam a visão em decorrência destes procedimentos.

“A aplicação de preenchedores pode, eventualmente, obstruir uma veia da drenagem ocular ou uma artéria fina que leva até uma artéria oftálmica, causando a perda da visão”, explica, apontando que nesse tipo de situação pode ocorrer até um AVC, caso a aplicação atinja uma artéria cerebral.  

O risco está presente nesse tipo procedimento independente da substância preenchedora utilizada. Segundo revisão sistemática publicada no periódico científico PRS-Global Open, que analisou casos de perda de visão associados a preenchimentos faciais, de 190 casos, 47% foram causados por injeção isolada de gordura, 28% estavam relacionados a aplicação de ácido hialurônico e os outros 25% foram associados a outros tipos de preenchedores.

Recentemente, a ex-modelo americana Carol Bryan disse, em entrevista ao jornal The Independent, que teve seu rosto deformado após realizar um preenchimento facial para dar volume na testa e nas maçãs do rosto, em 2009, aos 47 anos. Ela passou a realizar uma série de  procedimentos corretivos que só pioraram o quadro. Ao remover o volume extra em sua testa, um nervo óptico foi atingido e ela perdeu a visão do olho direito.

Um estudo publicado pelo JAMA Ophtalmology alerta que o preenchimento na área da testa pode causar danos irreversíveis aos olhos. A Food and Drug Administration recomenda que a injeção de gordura ou colágeno, por exemplo, seja feita apenas na área central do rosto, como ao redor da boca.

Além da testa, outra região de elevado risco é a da glabela, entre as sobrancelhas.

“Este local é bastante arriscado porque contém uma série de artérias superficiais que se comunicam com as artérias da retina”, diz Hilton Medeiros.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia alerta que procedimentos estéticos devem ser realizados apenas por médicos, que são profissionais habilitados para também tratar as eventuais complicações. Profissionais que não tenham a devida habilitação e autorização legal para a sua execução podem provocar risco à saúde pública da população.

Outros problemas que podem ocorrer durante o procedimento com preenchedores são: reações urticariformes (lesões na pele), cicatrizes e deformidades; choque anafilático (reação alérgica grave); sequelas como necrose e cegueira, caso os produtos sejam aplicados de forma errada e parem na circulação sanguínea.

0

No Comments Yet.

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: