BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Tecnologia / Laboratório cria software nacional para detectar doenças raras e hereditárias

Laboratório cria software nacional para detectar doenças raras e hereditárias

Com apenas quatro anos de existência, a Mendelics proporcionou um novo cenário para a acessibilidade de diagnóstico genético no Brasil. O laboratório possui a maior capacidade de sequenciamento genético da América Latina, tecnologia de ponta e médicos geneticistas renomados, como Prof. Dr. Fernando Kok, professor-associado do Departamento de Neurologia da Faculdade de Medicina da USP e co-fundador da Mendelics.

Tornaram o diagnóstico genético acessível e inclusivo através da criação de um software próprio, o Abracadabra, que auxilia a análise genômica de mais de oito mil síndromes e doenças genéticas. O resultado é um processo integralmente nacional, com exames a partir de R$ 1.490,00 (valor até 70% mais barato do que é cobrado em outros laboratórios), e laudos precisos entregues num prazo de dez a 60 dias. O software de interpretação foi aprimorado ao longo dos anos e está em sua versão 3.0. A criação da plataforma de big data foi realizada por uma equipe de programadores e bioinformatas brasileiros na Mendelics.

A Mendelics é focada em doenças hereditárias raras e câncer: mais de 90% dos exames são para estas condições. “Somos uma empresa especializada em diagnosticar todos os tipos de doenças genéticas. Interpretamos as informações genômicas para acabarmos com a odisséia de muitos pacientes. Com a análise do exoma, é possível auxiliar médicos no diagnóstico de doenças que antes dificilmente teriam suas causas conhecidas”, explica Dr. David Schlesinger, presidente e co-fundador da Mendelics.

Segundo o médico, as operadoras de saúde oferecem cobertura para muitos exames genéticos. “Elas têm abraçado a causa de uma maneira heterogênea, mas progressiva. Nessa fatia, estão incluídas diversas operadoras premium, que cobrem muito além da lista de exames obrigatórios de acordo com a Agência Nacional de Saúde – ANS”, explica.

A reação em cadeia pode ajudar com que os testes genômicos proporcionem uma redução dos custos de saúde ainda mais acentuada. “Espero que, em breve, a rede pública também faça testes genéticos. Os governos devem enxergar a medicina genômica como um grande avanço na melhoria da saúde da população como um todo, além de dar uma possibilidade de tratamento preventivo para os pacientes”, avalia.

‘Teste genético acende a luz para a clínica médica’, afirma David Schlesinger

Mesmo vivendo um crescimento acelerado – devendo triplicar de tamanho até o fim do ano que vem, a Mendelics segue firme em sua missão: aumentar o acesso ao teste genético para todos que precisam. “A medicina genômica é, hoje, uma realidade no Brasil. E somos o veículo dessa transformação: massiva, acessível e de alta qualidade”, diz David Schlesinger.

David revela que o médico possui uma ferramenta muito importante com os testes genéticos. “Se antes o profissional trabalhava no escuro, o teste genético hoje acende a luz”, finaliza.

About Suzi Galdeano

Carioca, formada pela UniverCidade, trabalha no Jornal do Brasil, escreve os blogs Portrait e Pinceladas do portal Um Olhar, além de ter seu próprio site. Trabalhou nas assessorias de moda e eventos mais renomadas da cidade e funcionária do departamento de relações públicas da divisão de luxo do Grupo L' Óréal.

Check Also

A ABA English oferece sua própria metodologia exclusiva baseada no ensino contextual, levando ao mundo digital os princípios de aprendizagem naturais e intuitivos de uma língua materna

ABA English oferece cinco maneiras gratuitas para praticar inglês

O incremento da carreira profissional ou a melhoria das notas acadêmicas são alguns motivos que ...

Deixe uma resposta